Artigos Traduzidos

Posted by ComunicaINATAA, With 0 Comments, Category: Artigos Traduzidos,

Cães de terapia ajudam pacientes em hospital americano

Quando Carolyn Becker soube que havia um cão de terapia no hospital regional da cidade de Ogden (EUA), imediatamente disse que gostaria de vê-lo.

O Golden Retriever chamado Bert entrou em seu quarto, pulou na cama, enrolou-se nos lençóis e foi dormir enquanto Carolyn acariciava suas orelhas. Ela conta que durante uma noite sonhou que seus gatos estavam na cama com ela. "Então, ver Bert foi realmente um estímulo. Ele é lindo e tem um pelo deliciosamente suave e palpável".

Sally Gale, diretora de serviços voluntários do hospital, conta que foi recentemente que o hospital teve a iniciativa de começar a utilizar os três animais de terapia para ajudar os pacientes a se curarem e relaxarem. Uma vez por semana, os animais de estimação da Sociedade Delta - organização sem fins lucrativos que fornece recursos para ajudar as pessoas a incorporarem animais de serviço, terapia e companhia em suas vidas - visitam os pacientes e acompanhantes.

Os nomes dos cães são Dazzle, Bert e Toby e seus proprietários Sue West, Vicki King e Marian Evans.

"Todos são cães maravilhosos", disse Sally. "As equipes de terapia animal servem como voluntários hospitalares. Temos três equipes compostas do dono do animal, o animal de estimação e um companheiro voluntário. O animal normalmente fica em cima da cama com o paciente ou se senta em uma cadeira ao lado”.

A diretora ainda explica: "Com pacientes e visitantes, os cães se aproximam somente se forem chamados. Eles são acariciados, abraçados e até mesmo tem suas orelhas puxadas por crianças. E muitas pessoas tiram fotos com os cães de seus celulares".

Vários estudos têm mostrado que a terapia assistida por animais ajuda os pacientes na diminuição da pressão arterial, alívio do estresse e até melhora certas doenças, como as cardíacas. "Nós sabemos que essas visitas são calmantes. Nós podemos ver a pressão sanguínea de um paciente diminuir durante a visita. O apoio emocional que os animais oferecem é incrivelmente poderoso. Já vimos até homens adultos romperem em lágrimas durante as visita”, disse Sally.

David Eller estava com sua esposa, Cindy, durante uma recente visita de Bert e conta: "Bert é muito bem-educado e treinado. Ele arrastou-se na cama e deitou-se ao lado dela. Cindy ficou definitivamente mais relaxada. Ter a visita dos cães foi muito pessoal para Cindy. Ela foi distraída pelo cão e isso a ajudou a levantar seus espíritos".

Sally disse que um dos cães até ajudou um paciente pediátrico a fazer alguns exercícios necessários para recuperação de uma doença. "Os cães são extremamente bem-preparados. Mas devido às regras de higiene, eles só podem participar de visitas uma vez por semana, já que não é saudável tomarem banho com mais frequência do que isso."

Carolyn disse que aprova absolutamente a iniciativa de ter animais de terapia em hospitais. "Foi bom ter um visitante. Você fica muito isolada quando está no hospital, e ter um cachorro aqui para nos visitar é muito agradável. Eles realmente ajudam a passar o dia."

Texto traduzido do jornal americano Standard-Examiner, escrito por Jamie Lampros – link: http://www.standard.net/stories/2012/01/17/therapy-dogs-lift-patient-morale-ormc

Deixe uma resposta