Dica do dia

Posted by ComunicaINATAA, With 0 Comments, Category: Dica do dia,

Sinais de dor

Embora animais tenham uma tolerância maior para suportar dor do os humanos, eles não podem reclamar ou dizer onde dói. Por isso, nem sempre suas aflições são bem interpretados e daí a importância de os donos estarem alerta aos sinais de dor de seus cachorros.

Fique sempre atento a coleiras muito apertadas, unhas cortadas muito rentes, feridas abertas, pois podem ser a causa da dor.

Alguns sinais de que seu cãozinho está sentido algum tipo de dor são: mancar, ruídos altos, vômitos sem motivo aparente, movimento repetitivo de lamber e mordiscar patas e articulações. Além disso, olhos tristes e lacrimejantes são sinais de alerta. Outros comportamentos também podem indicar que o bichinho está com dor, entre eles estão a apatia, ficar muito tempo deitado, não brincar e levantar-se com dificuldade.

Em alguns casos, o animal fica agressivo e intolerante. Caso isso aconteça, isolar não é a solução. A orientação é mantê-lo no ambiente de convívio. Muitos donos querem impor sua vontade em animais debilitados e isso pode gerar agressão.

Sempre que seu animal continuar com sintomas de dor, leve-o a um veterinário para que seja tratado da maneira correta. Hoje existem medicamentos muito eficientes, mas devem ser ministrados com cautela e por um profissional da área, pois medicamentos de humanos podem ser tóxicos para os pets.

Deixe uma resposta