Cães de Terapia em Sessões de Aconselhamento – Dicas para Terapeutas

Posted by Gerenciador, With 0 Comments, Category: Sem categoria, TAA e a Saúde Mental, Terapia Assistida por Animais, Tags:, , , , ,
Fonte: Suite 101 (original text, in english) - Pet Therapy Dogs in Counseling Sessions - Tips for Therapists
Os terapeutas que usam cães em sessões de terapia podem aumentar a cura emocional. Estas dicas vão ajudar os orientadores que desejam incluir animais de terapia nas suas sessões.

Aníbal, trabalhando no asilo Recanto da Vovó

Aníbal, trabalhando no asilo Recanto da Vovó

A sessão de terapia pode ser bastante reforçada com cães terapeutas; esses animais são conhecidos por melhorar a relação terapeuta-paciente incentivando uma forte ligação social e emocional.
O amor incondicional e a ternura de um cão de terapia podem ajudar os pacientes a se sentirem relaxados e aceitos, o que os torna mais dispostos a se abrir aos terapeutas. Entretanto, antes da inclusão um cão de terapia em sessões de assistência,  algumas questões muito importantes devem ser consideraradas:

Certificados de Treinador de Cães de Terapia

Os orientadores precisam assegurar que o treinador do cão de terapia e o cão são certificados por um respeitável programa de cães de terapia (que varia por região). "Os orientadores precisam encontrar um treinador que trabalhe com essa espécie de cliente", diz Mia Carter, uma certificada treinadora de cães de terapia que criou o The Sick Dog Blog. "Diferentes cães de terapia são adequados para diferentes tipos de terapias. Por exemplo, não trabalho com crianças, outros treinadores somente trabalham com crianças."
Carter explica que alguns treinadores se especializam somente em trabalhos com clientes com incapacidade de desenvolvimento, ou somente pacientes de saúde mental. E, poucos treinadores de cães se especializam em trabalhar com pacientes com fobias a cão (este processo usa um cão muito especial devido ao intenso medo causado pela experiência dos clientes).

Agendando um Cão de Terapia

Às vezes, os orientadores assumem que cães de terapia estão facilmente disponíveis para as sessões de terapia. No entanto, Carter explica que este não é o caso da maioria dos treinadores. "Devido a questões de viagem e agendamento, a maioria dos treinadores só escalam em "blocos", diz ela. "Eu tenho um mínimo de quatro horas, muitos têm um mínimo de seis a oito horas. Assim, dependendo da política do treinador, pode ser necessário agendar vários clientes em sequência."Além disso, a maioria de treinadores de cães - particularmente as especialidades de terapia mais originais do cão, como fobia ao trabalho - agendam em até semanas de antecedência." Planejamento antecipado é um pré requisito para a eficácia da terapia assistida por animais!
Leia em:
- Psychological Help - Five Types of Counselors (Ajuda Psicológica - Cinco Tipos de Orientadores)
- Types of Psychology, Counseling, and Therapy (Tipos de Psicologia, Assistência e Terapia)
- Pet Therapy in Psychology (Terapia com Animais de Estimação na Psicologia)

Freddy, o poodle terapeuta do INATAA, já trabalha há mais de 8 anos

Freddy, o poodle terapeuta do INATAA, já trabalha há mais de 8 anos

Empregador do Terapeuta ou Organização - Exercício Público ou Particular?

Orientadores em consultórios particulares não precisam se preocupar com a avaliação de seu empregador (porque são independentes). Mas, terapeutas em hospitais, universidades, escolas públicas ou particulares, em presídios, ou outras organizações devem conversar com o setor de Recursos Humanos antes de levar cães de terapia para as sessões. Os terapeutas também devem analisar sua cobertura de seguros (por exemplo, quem é responsável se o cliente processar?).

Os Colegas do Terapeuta e o Pessoal do Escritório

Mesmo que o empregador aceite cães de terapia, os orientadores também devem verificar com os colegas e o pessoal do escritório. Algum colega é alérgico a cães? Tem medo deles? Não aceitam que tragam cães para o trabalho? Esses fatores podem afetar as sessões de terapia e diminuir a eficácia da Terapia Assistida por Animais.

Regulamentos de Cidade, Estado, ou Província em Terapia com Cães

Diferentes estados ou províncias têm regulamentos diferentes para animais, o controle de animais, e animais de estimação em ambientes de escritório ou hospital. Os terapeutas devem verificar com sua cidade e/ou província para garantir que cães de terapia são legalmente permitidos em sessões de assistência.
A Assistência de Terapeutas ou Associação Profissional. A maioria dos terapeutas e orientadores pertence a um órgão de gestão governamental, como a Associação Americana de Assistência. Terapeutas que desejam trabalhar com cães de terapia devem solicitar sua associação profissional de seguros, diretrizes e possíveis fatores de risco.

As Necessidades do Cliente e o Nível de Assistência

Nem todo mundo experimenta os mesmos benefícios da Terapia Assistida por Animais de estimação! Se os terapeutas ou orientadores incluem cães de terapia, eles precisam informar o cliente antes da primeira visita. A informação e um aviso devem ser incluídos no contrato cliente-orientador, onde o cliente deve assinar antes de iniciar a terapia.   Para os terapeutas e orientadores, a parte mais difícil da terapia assistida por animais pode ser a preparação para levar o cão para o trabalho. Mas, uma vez estando tudo em ordem, os benefícios da Terapia Assistida por Animais, tanto para os profissionais como para os clientes podem ajudar a superar as dificuldades encontradas nas sessões.
Tradução: Rosangela Barbieri

Deixe uma resposta