Dica do dia

Posted by ComunicaINATAA, With 0 Comments, Category: Dica do dia,

Ensinando seu cão a passear

Alguns cachorros são agitados, ariscos ou desobedientes. Nesses casos, uma simples voltinha no quarteirão pode se tornar um enorme desgaste para os donos que tem de ficar correndo atrás do cachorro durante toda a caminhada.

É muito comum vermos nas ruas cachorros que literalmente levam seus donos para passear, mas saiba que não é difícil ensinar os peludos a passearem de forma comportada e a obedecerem durante todo o percurso.

Os transtornos começam antes mesmo de sair de casa, logo que o dono pega a guia o cão percebe que vão levá-lo para passear e já começa a correr de um lado para o outro. Cães eufóricos são muito mais difíceis de controlar, então, a dica é fazer com que ele não associe a guia ao passeio. Por exemplo, se toda vez que você pega a guia ele já começa a ficar agitado, aplique a técnica de colocar a guia no animal e não sair para passear. Dessa forma, ele provavelmente vai ficar menos ansioso e eufórico. Algumas coleiras, como por exemplo as chamadas headcollars (da foto abaixo), também podem ajudar nesse processo pois evitam que os cães consigam puxar a guia.

É normal que os cães queiram fazer um pouco de xixi em cada local que param. Isso é uma forma de marcar território e avisar a outros cães que ele passou por ali. Farejar tudo o que veem pela frente também é uma forma de conhecer o ambiente. Não é necessário inibir essas ações para ter um passeio tranquilo. Basta apenas ensiná-lo que ele tem de fazer isso sem puxar a guia.

A melhor forma de passear é com o cachorro andando ao seu lado e acompanhando seus passos ao invés de sair correndo na sua frente. Mas existem algumas dicas essências para conseguir esse feito. Se durante o passeio o animal puxar a guia, você deve parar, chamar a atenção dele e só voltar a caminhar quando ele permanecer ao seu lado. Assim ele vai aprender a acompanhá-lo. É importante também exercer a liderança e mostrar que ele não é o chefe da matilha.

Mudar de direção bruscamente quando ele puxar também é uma alternativa. Faça isso repetidas vezes até que passear sem puxar se torne natural. Cada vez que ele fizer a coisa certa, dê um petisco para ele associar mais fácil o aprendizado.

Outra dica é treiná-lo em locais com pouco movimento e distração antes de levá-lo para as ruas novamente. Filhotes costumam aprender com mais facilidade mas cães mais velhos podem ter uma dificuldade um pouco maior.

Deixe uma resposta